terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Preciso Me Encontrar




Deixe-me ir, preciso andar


Vou por aí a procurar


Rir pra não chorar


Deixe-me ir, preciso andar


Vou por aí a procurar


Rir pra não chorar


Quero assistir ao sol nascer


Ver as águas dos rios correr


Ouvir os pássaros cantar


Eu quero nascer, quero viver


Deixe-me ir preciso andar


Vou por aí a procurar


Rir pra não chorar


Se alguém por mim perguntar


Diga que eu só vou voltar


Quando eu me encontrar


Quero assistir ao sol nascer


Ver as águas dos rios correr


Ouvir os pássaros cantar


Eu quero nascer, quero viver


Deixe-me ir preciso andar


Vou por aí a procurar


Rir pra não chorar


Se alguém por mim perguntar


Diga que eu só vou voltar


Quando eu me encontrar


Quando eu me encontrar


Quando eu me encontrar


Depois que eu me encontrar


Quando eu me encontrar


Depois, depois que eu me encontrar


Quando eu me encontrar


Depois, depois, depois que eu me encontrar










Marisa Monte Composição: Cartola

Um comentário:

Marco Antonyo disse...

Oi Tadeu;
Obrigado pela visita e comentário no meu blog.
Espero que teu blog tenha longo tempo de vida e que ele te faça tão bem quanto o meu me faz.
Abração